Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

Agora ex-presidente Evo Morales.
O anúncio foi feito neste domingo (10). Seu vice, Álvaro García Linera, também deixa o cargo.

É oficial: A Bolívia não está mais nas mãos de Evo Morales e isso ocorre após uma série de denúncias feitas pela OEA (Organização dos Estados Americanos). Entre as irregularidades, há indícios de graves fraudes eleitorais no pleito de outubro deste ano.

O comunicado se deu por meio de rede nacional após uma escalada de tensões envolvendo militares e a população nos últimos dias.

O ex-presidente lamentou e ainda caracterizou a situação como golpe:

“Lamento muito esse golpe cívico, e de alguns setores da polícia que se juntaram para atentar contra a democracia, contra a paz social com violência, com amedrontamento para intimidar o povo boliviano.”

Quando um tirano de esquerda se defronta com a justiça, não perde tempo em caracterizá-la como “golpe contra a democracia.” O discurso nunca muda.

(Visited 7 times, 1 visits today)
Fechar Menu